atendimento(19) 3251.7889

Energia alternativa para transporte

Energia alternativa para transporte

O número de veículos nas ruas deve chegar a dois bilhões em 2050, mas as emissões de CO2 devem cair para evitar uma grave mudança climática. Para satisfazer a crescente demanda com combustíveis mais limpos, precisaremos de diversas opções sustentáveis, como biocombustíveis e hidrogênio.

Os biocombustíveis são produzidos a partir de biomassa (em geral, plantas), e podem ser usados em meios de transporte. Somos um dos maiores distribuidores mundiais de biocombustíveis e estamos desenvolvendo biocombustíveis mais avançados que podem apresentar redução nas emissões de dióxido de carbono (CO2) e ser uma fonte alternativa de combustível sustentável.

O desempenho dos biocombustíveis atuais em termos de emissões de CO2 depende da maneira como são produzidos. O etanol feito a partir da cana-de-açúcar brasileira, por exemplo, poduz cerca de 70% menos emissões desde a produção até seu uso como gasolina.

Hoje o tipo mais comum de biocombustível é o etanol, produzido a partir de cana-de-açúcar ou plantas ricas em açúcar e amido.

 

Hidrogênio

Nas próximas décadas, o hidrogênio deve desempenhar um papel cada vez mais importante nos transportes. Ele é um transportador de energia, da mesma forma como a eletricidade e, como tal, precisa ser produzido a partir de outra substância. Hoje, boa parte do hidrogênio é produzida a partir de fontes não-renováveis, como gás ou carvão.

 Fonte: Shell

CENTRAL DE ATENDIMENTO (19) 3251.7889 central@redemonteiro.com.br